..:: Categoria ::..

- Aruanã
- Badejo
- Bagre
- Baiacu
- Barbado
- Cação
- Cachara
- Cachorra
- Cará
- Carpa Cabeçuda
- Carpa Capim
- Cascudo
- Conservação
- Corvina
- Curimbatá
- Dourado
- Dourado do Mar
- Escama Dura
- Garoupa
- Iscas
- Jaú
- Lambari
- Linguado
- Mandi
- Massas
- Matrinxã
- Pacú
- Pampo
- Peixe Espada
- Pescada Branca
- Pescaria
- Piaba
- Piapara
- Piau
- Piavuçu
- Pintado
- Piracanjuba
- Piranha
- Pirarara
- Robalo
- Tambaqui
- Tilápia
- Traíra
- Truta
- Tucunaré
- Varas

Dicas Novas

   Aruanã
 Dica:
Uso artificial de superfície, rãs ou pererecas, e pequenos peixinhos e carangueijos.
boa pesca


 Nome: Saulo De Carvalho Pedrasoli
 E-mail: saulo.carped@hotmail.com
 Cidade/UF: Catanduva / SP

   Piranha
 Dica:
Agite e a vara na água fingindo ser um peixe moribundo e depos jogue a isca

 Nome: Luiz
 E-mail: lletizio@yahoo.com
 Cidade/UF: Rio Claro / SP

   Peixe Espada
 Dica:
Além de usar meia sardinha na garatéia pequena, nunca esquecer de colocar um neon, mesmo em pescarias diurnas!

 Nome: José Mauro Capp
 E-mail: jose_capp@yahoo.com.br
 Cidade/UF: Santo Andre / SP

   Tilápia
 Dica:
Olá amigos pescadores!
Também sou um “viciado” na pescaria de tilápia e moro na cidade de Monte Belo, sul de Minas e a sorte de estar em uma região rica em recursos hídricos e cito como principal exemplo a represa de Furnas.

Em nossas pescarias usamos varas de 2,00m a 3,00m de comprimento. Podendo ser telescópicas ou não, que devem estar apoiadas no "vareiro" a 20cm uma da outra. Linha 0,35mm e anzol 16 maruseigo.
Para ceva usamos milho azedo, farelo de arroz ou quirera de milho.
De isca usamos minhocas, capim marmelo, mas as principais são bigatos e milho verde.
As tilápias de açude e represas são mais ariscas que as de pesque-pague, por isso deve-se evitar andar nos barrancos e na pescaria noturna não direcionar o foco de luz na água.
Gostaria de destacar que em nossas pescarias não usamos cordel para facilitar a visão nas fisgadas. O que usamos é o plástico de cartazes de comerciais de cerveja que, são brancos no seu verso. Cortamos em forma ovalada e colamos na ponta da vara de forma que a parte branca fique voltada para o pescador. Este plástico é resistente ao vento e a chuva e dificilmente requer substituição, além de refletir muito bem a luz do lampião na pescaria noturna.
A iluminação que usamos não é lanterna, vela ou o lampião convencional.
Um amigo de pesca desenvolveu um lampião de bateria de moto com lampadas de LED’s, com interruptor e controle de luminosidade e ainda fios para recarga, tudo montado em um tubo de PVC. Leve, compacto e de fácil manuseio e transporte. Garanto: a visibilidade é excelente e não compromete o resultado da pescaria à noite.

Abraços e boa pesca.

Manorei.



 Nome: Manorei
 E-mail: manorei1309@hotmail.com
 Cidade/UF: Monte Belo / MG

   Curimbatá
 Dica:
Uso cevar com farelo de arroz, só molhar ele e jogar aos poucos na água, a massa para pesca-los pode ser feita utilizando 50% farinha de trigo e 50% farelo de arroz...

 Nome: Luiz
 E-mail: luizfoletto@hotmail.com
 Cidade/UF: Tangará Da Serra / MT

Envie sua Dica
326 dicas publicadas
Página 6 de 66
Primeira << 1 2 3 4 5 [ 6] 7 8 9 10 11 >> Ultima

Página Principal